Novo Corolla 2020 híbrido flex: saiba como funciona e suas vantagens

Com lançamento marcado para o último trimestre deste ano, nova geração do sedã médio terá eficiência energética como principal destaque

O novo Corolla 2020, produzido em Indaiatuba (SP), será o primeiro automóvel híbrido flex do mundo e tem lançamento previsto dentro de dois a três meses.

Sua mecânica será similar à do Prius, o híbrido mais vendido do mundo. A diferença entre eles é que o motor a combustão (1.8 de 98 cv) do Prius virou flex, desenvolvido para queimar também etanol. E, com ele, sua potência ganha 3 cavalos, subindo para 101 cv. O motor elétrico mantem os 72 cv.

Novo Corolla: Corolla 2020 terá opção híbrido flex
Corolla 2020 (Foto Toyota | Divulgação)

Potência do novo Corolla

O motor flex do Corolla 2020 terá tem 98 cv a gasolina (101 cv com etanol) e o elétrico, 72 cv. Mas não desenvolve um total de 170 cv (ou 173 cv), pois o pico de potência de cada um deles se dá em rotações diversas. No Prius, por exemplo, o total é de apenas 122 cv. A Toyota ainda não divulgou a do novo Corolla, mas deverá ser no entorno de 125 cv.

Recarrega na tomada?

Não! O novo Corolla, assim como o Prius, não terá cabo para receber energia elétrica na tomada. A recarga das baterias é quando se freia o carro, aproveitando-se uma energia jogada fora nos carros convencionais. Então, quando o híbrido se movimenta eletricamente, está se valendo de uma energia “gratuita”.

Elétrico

Ao sair com o Corolla híbrido, ele roda silenciosamente com o motor elétrico desde que as baterias estejam carregadas. Quando se descarregam ou o motorista pisa mais forte no acelerador, o sistema computadorizado aciona automaticamente o motor a combustão. As baterias se recarregam em duas situações: primeira, quando o carro está sendo tracionado pelo motor a etanol/gasolina. Segunda, quando o carro está sendo freado.

E se acabar a bateria?

O híbrido flex roda só com o motor a combustão, ou só com o elétrico, ou com ambos. Não existe, como no carro elétrico, o “fantasma” de ficar sem bateria no meio do caminho pois enquanto tiver gasolina ou etanol no tanque, ele não para.

Consumo do novo Corolla

Na cidade, rodando eletricamente, o consumo de combustível do novo Corolla é zero! Tracionado pelos dois motores, separada ou conjuntamente, o Corolla 2020 poderá rodar até 30 km/l. Em média, o consumo na cidade é de quase 20 km/l. Já na estrada, aumenta para 17 km/l pois, ao contrário dos carros convencionais, seu consumo é maior na rodovia. Situação em que é tracionado praticamente todo o tempo pelo motor a combustão, ou seja, perde os benefícios de rodar eletricamente.

Opção: desempenho ou consumo

No Corolla, 2020 o motorista poderá interferir, por comandos no painel, na performance do carro: normal, econômico ou “power”. No modo econômico, a central determina o uso máximo possível do motor elétrico, com mínimo consumo de combustível. Neste caso, terá desempenho moderado, sem acelerações rápidas. No oposto (modo “power”), os dois motores serão exigidos ao máximo, porém o consumo se eleva significativamente.

Custos de manutenção

Comparativamente ao automóvel convencional, não há aumento nos custos de manutenção. E seu preço inicial mais elevado pode ser, em parte, compensado pela significativa redução de consumo no trânsito urbano.

Bateria do Corolla 2020

Ao contrário do carro elétrico, que precisa de um respeitável volume de baterias para ter autonomia, o carro híbrido não carrega este peso no chassis nem no bolso do dono, pois roda principalmente com o motor a combustão.

O receio do consumidor com os custos e possíveis panes das baterias será eliminado pela Toyota ao oferecer oito anos de garantia para o sistema híbrido do novo Corolla. Aliás, por terem volume significativamente inferior às do carro elétrico, as baterias poderão ficar – assim como no Prius – localizadas sob o banco traseiro, permitindo boa capacidade de porta-malas.

Novo Corolla 2020

Híbrido flex: eficiência energética

A Toyota anuncia o novo Corolla como o primeiro híbrido flex do mundo com especial importância no cenário dos novos veículos adequados às exigências de baixo consumo e emissões, pois roda eletricamente ou queimando um combustível limpo e renovável, o etanol. O Corolla 2020 híbrido flex será o carro de menor consumo e maior eficiência energética do Brasil. E o mais “limpo” do mundo.

Emissões do novo Corolla

A média de emissões de CO2 nos carros compactos e médios com motor a gasolina é de 140 g por km. No Corolla híbrido flex ela poderá ser reduzida em até 70%, dependendo das condições de utilização. Também outros gases nocivos, como o CO e o Nox ,serão reduzidos.

Prévia do Corolla 2020

Fonte: https://autopapo.com.br/noticia/novo-corolla-2020-hibrido-flex-como-funciona-vantagens/