Abandono de supercarros faz Dubai virar a terra dos “caçadores de Ferrari”

Carrões da Audi, Ferrari e Lamborghini são abandonados em pontos de Dubai

Paraíso para milionários de todo o mundo, a cidade de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, é palco dos maiores cemitérios de supercarros do mundo. Isso ocorre porque muitos empresários abandonam seus automóveis de luxo para fugir do país, já que a inadimplência é considerada um crime.

Por isso, para não irem para a cadeia, muitos saem do país às pressas deixando os carros em aeroportos ou na própria cidade, o que faz com que muitos automóveis estejam abandonados após a fuga de seus proprietários. O mais famoso dos cemitérios fica em Sharjah, próximo de Dubai.

O fenômeno de supercarros abandonados teve início principalmente com a crise financeira de 2012, o que fez com que muitos empresários não conseguissem pagar seus empréstimos. Os carrões incluem marcas como Ferrari, Lamborghini, Rolls-Royce, Audi, entre outras.

Esta situação peculiar fez surgir um novo emprego em Dubai: caçador de supercarros. A empresa britânica HushHush está contratando pessoas que não só entendam do mundo dos automóveis exclusivos, mas que localizem veículos e seus proprietários para que os carros possam ser revendidos. O salário é bem convidativo: 30 mil libras (R$ 141,8 mil) com comissão por carro recuperado, e despesas de estadia e de viagem pagas.

Entretanto, o bom pagamento é justificado, já que o trabalho não é fácil como parece.

“A Lei Sharia diz que o não pagamento da dívida é uma ofensa criminal, e qualquer pessoa que não cumprir os pagamentos será presa”, fala a descrição do trabalho.

“Se os proprietários de automóveis não responderem às notificações da polícia rapidamente, os carros abandonados serão apreendidos, de modo que o empregado terá que ser capaz de trabalhar rapidamente para garantir os melhores carros abandonados.”

Ou seja: para garantir os carros, o caçador precisa localizá-los antes que estes sejam apreendidos pelas autoridades, encontrar os donos dos veículos (que geralmente estão saindo do país exatamente para não serem encontrados e presos) e acertar a negociação.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Fonte: https://www.uol.com.br/carros/noticias/redacao/2019/07/26/cemiterio-de-carros-de-luxo-dubai-quer-empregar-para-fas-de-supercarros.htm