Como foram as vendas de carros novos em novembro

Chevrolet Onix mantém liderança tranquila e VW Gol surpreende.

Novo Hyundai HB20 ainda não cativou os consumidores.

O ano de 2019 caminha firmemente para registrar aumento de vendas de carros novos em comparação ao ano passado, mas as projeções mais otimistas de 10% não irão se confirmar.

O acumulado de janeiro a novembro é de 2.406.984 emplacamentos de automóveis de passeio e comerciais leves, contra 2.245.164 de 2018, ou seja, 7,2% a mais. De toda forma, mesmo aquém do esperado, o aumento não deixa de ser uma boa notícia em um cenário econômico com tantos altos e baixos.

Em novembro houve queda de 4,2% ante outubro (230.923 versus 241.157), embora a comparação com o mesmo mês do ano passado seja positiva, com incremento nas vendas de carros novos de 4,4%.

A General Motors segue abocanhando a maior fatia de participação do mercado nacional, com 17,9%, enquanto a Volkswagen curte a segunda colocação (15,5%), um pouco descolada da Fiat (13,8%).  Renault (8,9%), Ford (8,3%) e Toyota (8,1%) brigam pelo quarto lugar.

A julgar pelo ranking de novembro, o novo Hyundai HB20 não agradou o consumidor. O modelo despencou para a quinta posição, atrás do campeão Chevrolet Onix, Ford Ka, Fiat Argo e Chevrolet Onix Plus que, por sua vez, estreou com o pé direito nas concessionárias.

Graças à gordura acumulada nos meses anteriores, porém, o HB20 se mantém na terceira posição na soma do ano, com 93.911 unidades emplacadas, tendo à sua frente Ka (95.411) e Onix (219.771).

Foto_02_Gol Como foram as vendas de carros novos em novembro

Vendas do VW Gol assustam o Renault Kwid.

Entre os comerciais leves não há novidades. A Fiat Strada vendeu de janeiro a novembro 69.947 picapes, mantendo distância tranquila sobre Fiat Toro (59.074) e Volkswagen Saveiro (38.914).

A Saveiro, que antes lutava com a Toro pela segunda posição no ranking, agora se vê ameaçada pela Toyota Hilux (36.769) e pode perder até mesmo o quarto lugar.

Uma das brigas mais empolgantes quando o mercado é dividido por categorias é a de veículos de entrada. Pelo segundo mês seguido, o VW Gol – olha ele aí! – bateu o líder Renault Kwid. No acumulado, o Kwid já vendeu 76.943 unidades, contra 73.416 compactos do Gol.

Não há tempo hábil para o Gol superar o Kwid no acumulado do ano, mas o modelo que já foi o carro mais vendido do Brasil ainda é o preferido de muitos consumidores, principalmente pelo custo-benefício, alavancado pelo baixo valor de manutenção.

Fotos

Créditos – Divulgação

Fonte: https://revista.autoline.com.br/como-foram-as-vendas-de-carros-novos-em-novembro-2/