Dúvidas de Laudo de Transferência e Laudo Cautelar

Conheça nossa central de dúvidas com essas e mais dúvidas para seu conhecimento, acesse:
http://www.catavistorias.com.br/centraldeduvidas/

O que é laudo de transferência?

A Vistoria de Transferência é a analise da gravação do número de motor e chassi conforme o padrão do fabricante, comparando com as bases de dados oficiais. Realizamos também uma analise dos itens de segurança e documental do veículo, atendendo assim a legislação vigente para os procedimentos de compra e venda.

Como é feita a vistoria de transferência?

O que é avaliado em uma vistoria para transferência. A vistoria para transferência é uma avaliação sobre as condições do veículo para a expedição de um novo CRV (Certificado de Registro de Veículos) e CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos) com o nome do novo proprietário.

O que é o laudo de vistoria?

Laudo de vistoria de identificação veicular. … As informações coletadas na inspeção do carro são registradas no laudo de vistoria de identificação veicular. O laudo de vistoria e identificação veicular é um documento que consta todos os dados e pareceres da perícia e podem aprovar ou reprovar o veículo.

Para que serve o laudo de vistoria veicular?

A vistoria veicular é uma avaliação feita nos veículos que circulam no país, dentro da esfera estadual — de responsabilidade do DETRAN. Ela serve para atestar se os automóveis estão em boas condições de conservação e manutenção. Sua função é assegurar que o carro apresenta condições seguras para uso.

O que é laudo de vistoria em ECV?

A Portaria 1681/2014 do DETRAN/SP autorizou o credenciamento de empresas de vistorias para realizar o laudo fotográfico, também chamado de Laudo – ECV do DETRAN/SP,ou laudo de transferência, para coletar por meio óptico a numeração do chassi, numeração do motor, lacre, e placa traseira, para verificar se confere com o padrão do fabricante e com o cadastro informatizado do veículo na BIN/RENAVAN – DENATRAN. Este laudo é necessário para regularizar a documentação do veículo todas as vezes que o veículo é transferido para um novo proprietário e para conseguir a segunda via do CRV. O ambiente onde é realizado a vistoria para emissão deste laudo é obrigatoriamente filmada e deve ficar arquiva da pelo menos durante cinco(05) anos e ser apresentada todas as vezes que solicitada pelas autoridades de DETRAN/SP.

Como conseguir o laudo de transferência de veiculo e onde conseguir?

Com os seguintes documentos é possível obter o laudo.
CRV – Certificado de Registro do Veículo preenchido e com firma reconhecida pelo antigo proprietário e uma cópia simples;
Cópia e original de CPF, RG ou CNH;
Cópia e original do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV);
Cópia e original de comprovante de endereço;
O laudo pode ser feito nas ECVs

Qual o tempo de validade do vale placa?

O emplacamento e lacração devem ser efetuados em até 30 dias após a emissão do novo documento do veículo (CRV). Após esse prazo, a placa será inutilizada e o proprietário do veículo deverá recolher a taxa de emplacamento e lacração novamente. Troca de placas, lacres e tarjetas.
Este ano, os proprietários de veículos com final de placas 1, 2, 3, 4 e 5 poderão portar o CRLV/2017 até o dia 30 de junho, para os finais 6,7,8, 9 e 0, o prazo é 31 de julho.

Quanto tempo vale o laudo de vistoria para transferência?

Se APROVADO: tem validade de 30 a 60 dias, de acordo com análise do DETRAN;
Se REPROVADO: tem validade de 30 dias. Durante esse período, o proprietário do veículo deve regularizar o veículo e retornar até a ECV para realização da 2ª vistoria e possível aprovação.

Qual o preço de uma placa de moto?

Taxas para serviço de emplacamento
SERVIÇO DE EMPLACAMENTO
MOTO TAXA
TARJETA R$ 72,11
TARJETA (DOMICILIAR) R$ 125,64
PLACA COM TARJETAS – 0 Km ou Transferência de Outro Estado (DETRAN) R$ 97,97

Quanto custa vistoria de transferência?

O serviço é cobrado à parte, e, varia de acordo com região e empresa.
Ao fazer a vistoria para emissão de um novo CRLV, você deverá receber junto o novo emplacamento. Não custa lembrar que circular com veículo com placa sem lacre ou incompleta é infração gravíssima

O que é a tarjeta da placa?

A iniciativa do Governo do Estado, por meio do Detran.SP, fez parte de uma série de medidas para ampliar a segurança na emissão dos documentos de condutores e veículos, cujas placas já contavam, desde 2012, com uma película refletiva que aumenta a visibilidade dos mecanismos de fiscalização.

Quais são os tipos de vistoria veicular e qual a indicação de cada um?

Vistoria cautelar ou de procedência: 
esta avaliação é direcionada aos compradores e vendedores de veículos usados ou seminovos para que seja atestada a procedência e identificada possíveis adulterações.

Vistoria para transferência é?

é uma obrigatoriedade para quem quer transferir a propriedade do automotor e precisa de novo documentos. Avalia itens que comprovem a originalidade e artigos de seguranças obrigatórios.

Vistoria prévia: 

é voltada às empresas que oferecem seguros automotivos, sendo que a vistoria faz uma avaliação sobre o estado de conservação do veículo e verificação da sua existência.

O que é laudo de vistoria veicular?

É um relatório técnico com todas as informações levantadas durante a vistoria e ainda contem fotos de itens inspecionados. Trata-se de um documento que atesta as condições do veículo.

Por que preciso fazer vistoria cautelar ou de procedência se não é obrigatório?

A vistoria cautelar consegue identificar adulterações e possíveis pendências legais que possam causar problemas ao futuro dono. Um veículo com laudo de uma vistoriadora assegura a originalidade dos itens e é uma garantia a mais na hora da compra. No caso de vendedores, esta vistoria facilita a negociação e inspira confiança. 
A vistoria cautelar consegue identificar adulterações e possíveis pendências legais que possam causar problemas ao futuro dono. Um veículo com laudo de uma vistoriadora assegura a originalidade dos itens e é uma garantia a mais na hora da compra. No caso de vendedores, esta vistoria facilita a negociação e inspira confiança. 

Vistoria para Transferência:
– CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo) – documento obrigatório para circular com o veículo;
– Ou CRV (Certificado de Registro de Veículo) – documento para transferência do veículo;
– Habilitação do Condutor.
Vistoria Cautelar:
– CRLV
Vistoria para Seguro:
– Nome da Seguradora;
– Nome do corretor;
– Voucher / Proposta / E.V. / SUSEP

É necessário que o proprietário leve pessoalmente o veículo para realizar a vistoria?

Não. O veículo pode ser conduzido por qualquer pessoa habilitada.

Quanto tempo leva para retirar o laudo?

Depois da vistoria ser realizada, os dados coletados são inseridos em um sistema vinculado ao DETRAN e impresso na hora

Quais itens são verificados no veículo?

Os itens a serem verificados dependem do tipo de vistoria a ser realizada:
Vistoria para Transferência: serão verificados motor, chassi, câmbio e itens de segurança (pneus, cintos, marcação dos vidros, etc.);
Vistoria Cautelar: serão verificados motor, chassi, estrutura, vidros, além de pesquisas de restrições do veículo, histórico de leilão, furto e roubo e sinistro.
Vistoria para Seguro: serão coletadas fotos do veículo, de seus acessórios e documentação.

Qual o prazo de validade do laudo?

– Se APROVADO: tem validade de 30 a 60 dias, de acordo com análise do DETRAN;
– Se REPROVADO: tem validade de 30 dias. Durante esse período, o proprietário do veículo deve regularizar o veículo e retornar até a ECV para realização da 2ª vistoria e possível aprovação.

É obrigatório fazer o laudo de transferência?

Sim, de acordo com o DETRAN, é obrigatória a confecção de laudo de identificação veicular para qualquer alteração do CRV.

Qual a diferença entre vistoria cautelar e vistoria de transferência?

O Laudo de Transferência é realizado para identificar o veículo que passará por alguma alteração no CRV, que pode ser para transferência de propriedade, perda de placa, alteração de município, entre outros.
O Laudo Cautelar visa identificar possíveis avarias, restrições nos órgãos (DETRAN, Polícia), e estado geral do veículo.
 

Acesse nossa Central de Dúvidas para mais informações
http://www.catavistorias.com.br/centraldeduvidas/

Acompanhe-nos nas redes sociais e fiquem antenados: